Não existem mensagens.
Não existem mensagens.

Localização de Refugio para TODOS OS CAES

Localização de Refugio para TODOS OS CAES

AIDES

AIDES

Shushu ADOPTADA

Shushu ADOPTADA
A sorte sorriu á Shushu. Foi adoptada e é feliz.

CADELINHA DO MÊS - SHUSHU

Esta "menina", com apenas 4 anos, está á espera de ser adoptada. Já lá vão quase 2 anos e ela continua em canil.É uma optima companhia, sossegada, calma, obediente e certamente vai fazer alguém muito feliz. Precisa de uma oportunidade. Quem não precisa? Todos gostamos de ter uma segunda chance. Ela já teve dono, que a abandonou quando ela estava prenha. Nos piores momentos viu-se só, com fome, frio, com medo, abandonada no meio do nada, numa zona deserta. Certamente haverá alguma alma grande que a vai ajudar a ser feliz. Obrigada a quem puder divulgar.

Refugio para TODOS OS CAES

O Clube do Cão nasceu em 2005, quando decidi fazer um Hotel.

Pensei, na altura, que ia trabalhar muito durante o verão pois só há procura de Hotel para cães durante os meses de Junho, Julho, Agosto e Setembro. Estava completamente enganada. A inauguração foi no dia 2 de Abril de 2005 e logo no dia seguinte entraram 3 cães abandonados. Dois trazidos por umas protectoras de Guimaraes e outro pertencente á Clinica Veterinária de Azurém. A partir daí foram aparecendo e o Hotel deixou de existir para dar lugar a mais um abrigo de cães abandonados.Hoje, com o nome de Refugio para TODOS OS CAES. Agradeço ás associações "Abra","Animais das nossas Vidas"e "Animais de Barcelos" que me têm ajudado a encaminhar alguns para adopção. Desde 2005 já foram adoptados daqui 110 cães. Neste momento estão aqui 50.

Precisa-se de adoptantes

Com o verão a chegar e certamente com tantos cães a ser abandonados estes que aqui estão esperam por um dono 5 ESTRELAS. Estão vacinados e desparasitados e as cadelinhas estão todas esterilizadas. São meigos, calmos, alguns são assustados pois já todos passaram um mau bocado. A vida foi injusta com eles e agora precisam de um bocadinho de sorte para encontrarem um lar que os abrigue, trate e lhes dê muito carinho.

Todos eles são para adopção

Estes nossos amiguinhos precisam de uma casa, uns bons donos e carinho para uma vida inteira. Todos eles já passaram um mau bocado e a vida foi ingrata para com eles. Sofreram, passaram fome, frio, tiveram medo, enfim, uma vida que não mereciam.

Belinha - ADOPTADA

Belinha  - ADOPTADA
eSTA MENINA FOI ADOPTADA, ENCONTRA-SE NUM ESPAÇO MARAVILHOSO E ESTA FELIZ

A Belinha está feliz

A Belinha está feliz

Esta é a nova casa da Belinha

Esta é a nova casa da Belinha

Historia da Belinha

Esta menina, dócil, timida, foi resgatada da rua em estado de subnutrição, triste, completamente aterrorizada. Trouxeram-na para o hotel e a fome era tanta que ela não pensava noutra coisa senão na sua tijelinha e bem cheia. Hoje está um pouco gordinha demais mas não deixa de ser bonita. Neste momento a BELINHA está já numa grande casa, como ela merece, e tem demonstrado que é uma cadela fantastica, obediente, calma, docil e cautelosa. Está muito feliz e eu estou feliz também. Vejo-a todos os dias e ela parece a minha sombra.

Dragão ADOPTADO

Dragão ADOPTADO
Foi adoptado pela Olívia e pelo Luis. Um enorme obrigada aos dois.

O Dragão veio do Porto

O Dragão era um cãozinho simpatico que acompanhava uns rapazitos pelas ruas do Porto. Um dia houve uma briga entre eles e o Dragão defendeu o seu dono. Azar dele pois chamaram a canil e lá foi o Dragão. Valeu-lhe uma alma caridosa que o foi resgatar ao canil e o trouxe para o hotel. É simpatico, brincalhão, arisco e não não se dá bem com machos.

Betty

Betty
5 anos, castrada,vacinada,desparasitada

História

A linda Betty, com as suas orelhas enormes, apareceu á porta do hotel, juntamente com uma amiguinha. Eram duas cadelinhas tão magrinhas e assustadas que não tive coragem de as deixar partir. A amiga foi adoptada pouco depois mas a Betty ficou. Também ela é assustada mas muito meiga e carente. Mas desatou a comer e agora está assim "gordinha"

Bill Clinton

Bill Clinton
7 anos-vacinado -Altura-30cm-Peso:10Kg.

O Bill e a sua historia

O Bill foi um caozinho de apartamento. Por dificuldades financeiras a sua dona não podia ficar com ele. Isto já lá vão 4 anos e o Bill continua no hotel e certamente irá ficar para sempre. O tempo vai passando e a idade aumenta e com quase 9 anos a sua adopção é quase impossivel. Mas ele bem merecia ter uma casinha e dono só para ele.

Milu

Milu
3 anos, castrada,vacinada,desparasitada

Historia

A Milu chegou aqui trazida por um emigrante que estava de partida para França. Viu-a na rua e não teve coragem de a deixar. Era uma cachorrinha com cerca de 2 meses. Lá ficou mas passado pouco tempo adoeceu. Teve um doença virica que a obrigou a estar 3 semanas sem poder correr nem brincar. A Milu foi ficando, pois é muito timida com estranhos mas muito brincalhona com os seus colegas de "quarto". Já tem quase 3 anos e a sua adopção era urgente pois com o avançar da idade as suas hipoteses começam a diminuir.

Robusto

Robusto
3 anos, vacinado, desparasitado

Historia

O Robusto foi encontrado por uma amiga dos animais com uma patinha partida. Como não tinha onde o pôr trouxe-o para o hotel e aqui ficou a recuperar. Entretanto foi a várias campanhas de adopção e não teve sorte porque é muito medroso com estranhos.

Martinha

Martinha
cerca de 3 anos, vacinada, castrada, desparasitada

A linda Martinha

Esta cadelita tão pequena tem uma triste historia. Veio de Vale de Cambra onde esteve fechada numa casa velha, com mais 5 canitos. Não sei o tempo que lá estiveram mas sei que eram 4 cadelas e 1 cão. As cadelas tinham bébés que morriam ou eram mortos pelos outros e nunca sobreviveu nenhum. Foram resgatados com comprimidos para dormir, tal era o medo que tinham dos humanos. Ela veio para o hotel juntamente com a Maria, outra cadelinha pequena, mas completamente intratavel. A Martinha também não reage bem a gente de fora mas é meiga e brincalhona. Da-se bem com todos sejam machos ou femeas.

Bell

Bell

A Bell precisa de sorte

Esta bonitona precisa de sorte. Tem cerca de 5 anos, é muito meiga, obediente, calma. Esta esterilizada, vacinada e desparasitada. Quem a adoptar vai ter sorte. É uma grande companhia.

Lobinha

Lobinha
Adoptada na Alemanha

Os donos da Lobinha

Os donos da Lobinha

A Lobinha

Esta linda cadelinha foi adoptada e foi para a Alemanha. Já com os seus 6 anos e depois de uma vida de sofrimento neste pobre País, a sorte sorriu á Lobinha. Foi adoptada e está bem tratada e feliz Esperemos que estes outros "meninos e meninas" tenham a mesma sorte, um dia.

Bébés adoptados

Bébés adoptados
Estes bébés foram deixados á porta de minha casa, á 1 hora da manha, num dia de chuva. Tiveram sorte e foram adoptados na Alemanha

Os caezitos adoptados na Alemanha

Os caezitos adoptados na Alemanha
Já na sua nova casa e tão grandes

NICE

NICE
Homenagem á cadela que deixou mais saudades. Morreu no dia 11 de Setembro de 2004

NICE Basset Hound

A NICE foi a cadela que mais me marcou, pela sua inteligencia, teimosia, doçura. Era gulosa, comia desde fruta, legumes, gelados, enfim, tudo o que fosse de mastigar. Era uma companheira inseparável que deixou muitas saudades. Faleceu a 11 de Setembro de 2004. Deixou um grande vazio na minha vida. Teve um tumor cerebral que a foi afectando a todos os niveis. Começou a ficar baralhada, a não querer comer, a fugir para sitios escuros, enfim.... Outros tentam preencher o vazio que ela deixou. E MORRER NÃO CHEGA A SER MORTE QUANDO SE DEIXA UM POUCO DE VIDA ATRÁS.
Obrigada NICE .

CHEGOU O VERÃO

Com a chegada do verão muito serão os animais que veremos abandonados. As Associações, hoteis e particulares estão sobrelotados. Começaremos a ver animais esqueleticos, doentes, atropelados pela falta de sensibilidade de uma população sem sentimentos e sem educação. Estamos atrasados anos luz dos países mais evoluidos e enquanto não houver regras e penas pesadas isto vai continuar. Podemos ganhar alguma batalha mas a guerra nunca. A nossa luta só teria resultados se houvesse uma castração obrigatória para todos os animais domesticos. As Câmaras Municipais deveriam dar o exemplo e só reencaminhar animais para adopção já castrados. Esperemos que por melhores dias.

Pesquisar neste blogue

todososcaes@hotmail.com

Este é o contacto do nosso blog. Caso queira algum esclarecimento. por favor, contacte. Estes animais precisam de ajuda e alguem responsável que os queira adoptar. Vivem já há algum tempo em hotel e precisam de amor e carinho de um lar que os possa acolher.



todososcaes@hotmail.com

Telemovel - 966 097 196

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto
Resido numa zona rural completamente fora da civilização. Aqui tudo é calmo e silencioso. Só o ladrar dos cães é que nos fazem acordar para a vida do dia a dia.
Desde muito pequena que a minha grande paixão eram os animais. Sempre me lembro do grande carinho que tinha por eles e o que eu sofria quando eles partiam. Naquela época não havia clinicas veterinárias e quando adoeciam pouco ou nada se podia fazer. Sempre recolhi cães e cheguei a ter de comprar 2 cavalos mal tratados que depois se revelaram animais excepcionais. Nunca me arrependi do dinheiro que gastei, das horas que perdi, das muitas noites sem dormir para os poder acompanhar nas suas doenças. Há sempre uma recompensa. E a maior de todas é o seu amor incondicional. Durante todos estes anos tive centenas de animais e lembro-me de todos eles com carinho e saudade. E a eles agradeço por me terem ajudado a ser uma pessoa melhor.

todos os caes

todos os caes
hotel canino

Estes Meninos e Meninas foram adoptados por mim

Estes cachorrões foram adoptados por mim, uma vez que era quase impossivel encaminhá-los para adopção. São velhotes, doentes e sem chance de arranjarem bons lares.

Menina

Menina

Pastor Belga

Esta "Menina" foi encontrada na Ip4 completamente em panico. Chegou aqui em 2004 e como já tinha 7 anos e sem hipotese de ser adoptada ficou em minha casa. Aceitou logo os gatinhos e eles gostam de dormir perto dela bem quentinhos. Aqui nesta foto ela está bem feliz com a chegada da neve.

Luisão

Luisão
Abandonado no verão

O jovem Luisão

O Luisão foi abandonado no verão passado e alguem meu conhecido avisou-me que ele andava muito magro e doente e iriam avisar a Camara Municipal para o resgatar. Procurei-o durante bastante tempo e por fim lá o encontrei. Entrou para dentro do carro como já me conhecesse. Como era um boxer achei que seria fácil a sua adopção. Enganei-me pois o Luisão tem um musculo fora do sitio e não há solução para o seu problema. Mais um que ficou em minha casa a fazer companhia aos outros 7 cães e 3 gatos.

Velhinho Toni

Velhinho Toni
O Tony é mais uma estrela que brilha no céu.

Toni

Este velhote, agora com 14 anos, veio para o hotel, mas na realidade vive comigo em casa. Nem tanto tempo de vida terá e está cego e surdo. Fiquei com ele há cerca de 7 meses, quando os antigos donos deixaram de ter condições para o tratarem.

Infelizmente o Toni não resistiu á idade e neste momento já é uma estrelinha no ceu.

Tété

Tété
Cerca de 1 ano

A terrorista

Esta cadelita foi atirada para dentro do terreno há já 2 anos. Ainda pensei em ser adoptada mas depressa perdi essa ideia. É terrorista, faz asneiras e ladra sem parar. Portanto ficou por aqui e vive também comigo em casa

brown

brown
adora a sua cadeira de rodas

Brown

Brown
2 anos depois

A luta pela vida

A Brown é uma cadelinha corajosa que há 2 anos chegou aqui ao hotel, vinda de Lisboa e trazida por umas amigas dos animais. Ainda hoje mantenho contacto com essas duas Senhoras espectaculares que tanto fizeram por ela. A Brown continua a lutar para voltar a andar novamente e tem feito grandes progressos. A esperança quase nos foi tirada quando no hospital do Porto nos disseram que nunca voltaria a andar.
Já lá vão 2 anos e continuamos a tentar pois tanto eu como ela, somos muito teimosas e recusamo-nos a desistir. Espero um dia dizer e mostrar a todos que a nossa luta não foi inglória.

Já passaram quase 3 anos e com a paciência necessária a Brown já anda. Dá uns pequenos passeios e já tenta andar sozinha. Vamos ver se ela larga de vez a sua cadeirinha

CAROLINA

Esta nova amiguinha da Brown acabou de chegar ao Refugio. Como não havia adoptantes para ela vai ficar aqui e fazer companhia á Brown e trabalhar as duas juntas a fazer fisioterapia. Passeiam e gostam muito uma da outra.

As 2 amiguinhas a conversarem

As 2 amiguinhas a conversarem

Ritinha

A Ritinha foi encontrada num monte, já muito doente. Tinha a febre da carraça em estado avançado. Teve de fazer uma transfusão de sangue e chegou a ter paragem respiratória.
Recuperou e aqui está a Ritinha, muito feliz, com apenas 3 Kilitos. è bem mais pequena que um gatinho. Já está comigo há 2 anos e penso que terá já uns bons 10 anitos.

Péxé

Esta cadelinha foi encontrada há já 8 anos. Está comigo desde então. Quando a vi era ainda muito nova e estava rodeada de cães enormes que a atacavam. Recolhi-a e levei-a a uma clinica e vimos que tinha um defeito num olho. Não sei se era de nascença ou se provocado por algum acidente. Teve de tirar o olhinho. É uma cadelinha com muito bom feitio, não incomoda nada, dá-se bem com todos os cães e gatos, muito meiga, enfim, é um doce.

Duda

O Duda é um golden retriver que veio parar cá em casa quando tinha 7 anos. Os antigos donos disseram que não tinham mais condições para o ter portanto vieram entregá-lo.
Descobrimos depois que faz alergias e no tempo de verão a coisa piora bastanre. Dorme 23 horas por dia e o resto passa o tempo a ladrar. È inteligente e aprende com facilidade.

Afonso

Afonso
Lindo e simpatico

Vitoria

Vitoria
Gatinha doce e ternurenta

carlotinha

carlotinha
A Carlotinha está na terra do Arco iris

Bertinho - Kiki - Bruxa e tantos outros que passaram pela minha vida

O Bertinho, um Collie cruzado foi o cão mais inteligente que tive.Bastava repetir a frase 2 ou 3 vezes e ele já compreendia.Hiperactivo, meigo, inteligente.
A Kiki era a minha companheira e viagens. Adorava andar de carro e gostava de ir á clinica veterinária onde se sentia como em casa.
A Bruxa, assim o nome o diz, deve ter sido a cadela que ganharia a medalha de ouro em asneiras. Quando se sentava a pensar, logo de seguida havia asneira pela certa. Desde roer óculos, cassetes, comandos e telemoveis, partir vidros de mesa, arrancar quadros das paredes, desfazer sófas até á madeira, tudo era possivel.
A todos os outros que passaram pela minha vida, Carlotinhas, Zê, Kókó, Lilica, Ninoca, Mantorras, Junior, Matilde e muitos outros, só espero que se encontrem todos na terra do Arco Iris.